Análise do CD "Som da minha vida" de Fernanda Brum

Fernanda Brum é sem sombra de dúvidas uma das maiores representantes do segmento gospel no Brasil. Suas canções marcaram e marcam época a cada lançamento. Nascida no Rio de Janeiro em 1976, a cantora coleciona os mais variados prêmios, dentre eles o grammy latino pelo CD Da eternidade, lançado em 2014. Casada com Emerson Pinheiro, que também é seu produtor, são pastores da IPAN (Igreja Profetizando as Nações) no Rio de Janeiro.

Seu primeiro projeto foi lançado em 1993 no formato LP e se chama Feliz de Vez. O estilo musical da cantora chama muita atenção, nota-se que cada letra e cada arranjo é pensado milimetricamente para que a mensagem seja passada com clareza, objetividade e espiritualidade, já que a cantora também conta com um nível de experiências assim elevado, como a própria relata em seu livro "E FOI ASSIM" descrevendo fatos marcantes de sua vida.

Canções como Espírito Santo, Amo o Senhor, Quebrantado coração, A tua Glória ( Eu vejo a Glória), Cura- me, Dia de Festa, Saída, Pavão Pavãozinho, O que a Tua glória fez comigo, Coração que sangra, Amar você, dentre tantas outras são lembradas e cantadas até hoje, de forma que o sucesso de Fernanda fica provado.

O mercado Gospel vem enfrentando uma "crise" nas vendas desde o ano de 2010, falando sobre Brum, podemos notar que mesmo vendendo mais que outros artistas da gravadora, as suas tiragens também foram diminuindo, exemplo disso é que os dois últimos inéditos da cantora saíram de fábrica com 50 mil peças na primeira tiragem, já o SOM DA MINHA VIDA chega com apenas 7 mil, o que surpreendeu muita gente, já que a brum foi uma das poucas que trouxe bons resultados nos últimos anos.


Como já sabem, a produção musical é de Emerson Pinheiro, que despensa comentários. As fotos foram feitas por Alex Santana e Brandon Barcellos. A capa do projeto foi desenvolvida por Dinara Luz e Lucas dias na co-produção. Diferente dos últimos lançamentos, ela não pediu a opinião do público na hora de fazer a escolha, que é simples e não apresenta novidades, há quem goste e quem desgoste, mas o material interno com certeza vai agradar a todos, embora não seja um encarte muito grande, foi desenvolvido com toques sofisticados e bem pensando, realmente ficou lindo.

Não posso deixar de falar da Voz da Fernanda, a cantora vem recebendo muitas criticas desde o CD Da Eternidade, pela rouquidão e as desafinações nas apresentações que estava fazendo. Mediante as criticas ela cuidou da voz e voltou a gravar em estúdio, um acerto em cheio que garantiu satisfação do público. Outra coisa que preciso dizer é sobre a faixa INTENCIONAL, esperada por boa parte dos fãs da cantora, mas ficou de fora por causa das autorizações segundo justificou a MK Music.


Vamos as canções?!

1. SOM DA MINHA VIDA - Um dos comentários que mais ouvi é que Brum não decepcionava em repertório, preciso concordar. As canções foram bem planejadas, essa em especial escolhida muito bem para levar o título do projeto e abrir o álbum. Logo na primeira canção, você já tem uma faixa que vai ser memorizada com facilidade. Sabe aquela música gostosa de se ouvir, com uma musicalidade dançante, mas sem extravagância?! É essa faixa. Já dei uma analisada e percebi que ela esta entre as preferidas do público. Composição de Livingston Farias, Fernanda Brum e Emerson Pinheiro.

2. EU SIGO - Outra faixa chiclete, rs. A primeira vez que ouvi, não curti muito, mas é uma canção pra se ouvir com calma e prestando atenção. A letra é bem íntima, foi escrita com cuidado, se percebe isso pelas palavras utilizadas. Do solo há um salto para o refrão trazendo um tom diferente com um ritmo diferente do que se vem cantando, outro ponto que mostra a cautela do produtor. Composição de Emerson Pinheiro, Anderson Lima e Dedy Coutinho.

3. DO NILO A TERRA PROMETIDA - Eu esperava mais. Composição de Anderson Freire, e aqui pra quem sentia saudade da dupla "amigas" cantando algo inédito é um presente. Não é uma faixa ruim, que fique claro, começa sendo incrível,  mas em um determinado momento vai ficando cansativa, e depois fica difícil retomar o ponto onde ela vinha dando certo. Mas é aquela música legal que não falta em nenhum lançamento, no final há uma surpresa bem bacana, deixo pra que você ouça e descubra.

4. LAVAR TEUS PÉS - Escolhida como single do CD, essa é uma das faixas que melhor representa a proposta do álbum, que é voltar as origens, ao inicio. É uma canção doce e suave, com uma mensagem simples, porém muito forte e com uma melodia bem agradável. Composição de Klênio.

5. ROSA CHEIROSA - Seguindo o estilo da faixa passada, chegamos a outra canção que representa muito bem o projeto. É uma daquelas faixas introspectivas que nos trazem pra dentro do que esta sendo cantado de uma maneira singela e profunda, afinal, quem nunca entrou dentro do quarto para conversar e orar?! Os arranjos casaram perfeitamente com a canção. Composição de Livingston Farias, Emerson pinheiro e Fernanda brum.

6. QUANDO O FOGO SE VAI - Todos nós passamos por um momento de desânimo na fé, chega uma hora em que as forças se vão e o que antes era fácil se torna difícil. Essa canção trata sobre isso, o desânimo, a falta do fogo e o que essa falta causa em nós. Como um clamor, ela conta com um refrão que se torna uma receita para que o fogo volte e relata a grandeza que há quando ele chega novamente. Essa é uma daquelas canções para refletir e agir. O destaque fica na ponte, quando há uma reviravolta na música e os instrumentos ganham força. Composição de Fernanda Brum e Dedy Coutinho.


7. CAIU BABEL - Sabe aquela musica viajada que a Fernanda sempre canta?! É essa, ela fala de vários países e que por lá procurou algo e não encontrou. É uma faixa legal, tem melodia chiclete e as vezes você se pega cantarolando por ai. Composição de Livingston Farias, Fernanda Brum, Emerson Pinheiro e Biorki.

8. SALOMÃO OROU - Essa é faixa que menos gosto, ela não é ruim, mas talvez seja a mais fraca do projeto, relacionada as outras. O que salva é a criatividade dos arranjos, já que a letra também não é muito convidativa, rs. Composição de Livingston Farias.

9. A CARTA - Chegamos a faixa que esta se tornando protagonista do álbum. No ano passado a cantora Eyshila perdeu seu filho mais velho e compôs O Milagre sou eu, que repercutiu no Brasil todo de uma forma muito sentida e agora é a vez de Fernanda, como "tia" cantar seus sentimentos em relação a essa perda tão grande.  A música é direcionada em parte a Matheus e em parte e a Eyshila, uma canção muito marcante, com reconhecimento, humildade e verdade. Linda demais. Composição de Fernanda Brum e Dedy Coutinho.

10. ESSA TAL DE REJEIÇÃO - Mais com o menos, assim se define a penúltima faixa de Som da Minha Vida. Essa canção não conta com uma mega produção, não tem uma letra mega estruturada, mas tem verdade, e é disso que o povo gosta, verdade. Cantada na primeira pessoa, a letra versa sobre a cura de complexos interiores e encontro consigo mesmo. A melodia é gostosa e quando acaba dá vontade de ouvir de novo. Composição de Fernanda Brum.

11. ACREDITA BRASIL - Emerson Pinheiro assina a última faixa do CD. É uma canção não religiosa, cantada pra todo Brasil, mas é claro que há uma mensagem de fé e esperança por trás da letra. O estilo samba sempre casa muito bem com a voz de Fernanda, então não se tem muito pra falar, encerrou o CD em grande estilo, deixando gosto de quero mais.


CRITÉRIO DE NOTA:

FOTOS: 10,0
PROJETO GRÁFICO: 10, 0
CAPA: 7,0
MUSICALIDADE: 8,0
SINGLE: 9, 0
REPERTÓRIO: 7,2 (Quantidade de músicas do CD divida por Dez, resultado final multiplicado pelo número de canções no destaque) -- 10/11 = 0,9 -- 8x0,9= 7,2

NOTA: 8,5

DESTAQUES: Som da Minha Vida, Eu sigo, Lavar Teus Pés, Rosa Cheirosa, Quando o fogo se vai, A Carta, Essa Tal de Rejeição e Acredita Brasil.

Comentários

  1. Paz do Senhor
    Gostei da Análise! Parabéns!
    Se não for Muito Pedir,vcs Poderiam fazer a Análise do Cd BÊNÇÃO, da Cantora Eliã Oliveira!?
    Desde já...Deus Continue Abençoando a Todos! Agradeço desde ja.!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito das canções Eu sigo, Quamdo o fogo se vai e Caiu Babel. Achei som da minha vida muito mediana para ser título do Cd.

    ResponderExcluir
  3. Som da minha vida é péssima. A melhor é eu sigo, lavar teus pés, caiu Babel e +|- Rosa cheirosa. Acredita Brasil é muito ruim também. Esse cd não chega nem aos pés do apenas um toque e o Da eternidade ficou melhor.

    ResponderExcluir
  4. A melhor, sem dúvida, é "Do Nilo A Terra Prometida"... perfeita

    ResponderExcluir
  5. Pior cd da Brum. Fiquei decepcionada. A música A Carta é muito confusa!! Esperava mais. O cd Da Eternidade foi muiiiiito melhor que esse!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário