Análise do novo CD de Léa Mendonça "Adoração na Guerra"




São mais de 30 anos de uma carreira muito bem consolidada com várias premiações, sendo seis discos de ouro e dois de platina. Léa é uma das maiores referências do gospel brasileiro. Cantora e compositora do cast MK Music, a mesma conta em seu DVD que quase foi demitida do império, mas que ganhou uma nova chance (Graças a Deus) e voltou com tudo ein?! Suas músicas se popularizaram pelo Brasil e ganharam as mais diversas igrejas, indo do pentecostal até ao adoração. Canções como Chora que a Vitória Vem,  Apenas uma voz, Eu e minha casa, Memórias, Covardia, Eu não abro mão, Passeio na Tempestade, entre tantas, marcaram épocas e se tornaram grandes hits.

Como compositora ela também se dá muito bem, escrevendo verdadeiros poemas do céu. Nomes como Fernanda Brum e Cassiane já gravaram suas músicas e foi sucesso dos grandes.

Depois de lançar Autoridade e Unção em 2015, Léa nos apresenta um dos melhores CDs lançados até agora no ano de 2017. Antes de dar continuidade a análise, preciso dizer que enquanto na MK todos os olhos estavam voltados pra Bruna Karla e Aline Barros que no final das contas não lançaram álbuns tão belos assim, a missão foi bem executada de fato através daquelas que vieram no silêncio e surpreenderam, exemplo disso é Ariely Bonatti com Na casa tem vida, Liz Lanne com Confiar e finalmente Léa Mendonça com "Adoração na Guerra".

Adoração na Guerra foi produzido por Rogério Vieira que novamente fez um trabalho belíssimo com as dez canções. As fotos foram feitas por Ronaldo Rufino e a "capa" pela MK Music, e fica aqui meu pedido singelo: MK, PARA QUE TÁ FEIO, uma cantora como a Léa Mendonça merecia uma capa linda e vocês entregam isso?! Não acredito. Ainda bem que muitos não julgam o livro pela capa, já que o repertório é lindo.


Vamos as canções?!

01.VEM COISA NOVA POR AÍ - "Vem vindo novidade de Deus pra você" Que canção é essa?! MK acertou em cheio na escolha do single. Essa é aquela canção que dá vontade de ouvir várias vezes e que a melodia fica tocando na cabeça. Letra bem estruturada, arranjos gostosos de se ouvir e um encaixe vocal perfeito. Sem mais, chegou chegando e mostrou a força que tem. Composição de Dimael Kharrara e Jhonatan Paes.

02.VAI TER VIRADA - Sabe aquele pentecostal que nunca sai de moda mas tem que saber cantar?! É essa canção aqui. Melodia chiclete, de fácil memorização e te deixa com aquele gostinho de quero mais, rs. Composição de Fabiano Barcellos.

03.FERIDO NA BATALHA - Composição de Everton dias e Diego Henrique, essa letra é de trazer esperança pro soldado. Uma junção perfeita de voz, melodia e texto. A inserção dos instrumentos foram colocadas exatamente no momento certo para tornar a canção ainda mais atrativa. Excelente em produção e em unção!

04.NÃO DEIXE NENHUM DOS MEUS SE PERDER - Léa sempre cantou muito bem canções voltadas para a família, e é claro que ela não iria fazer diferente nesse projeto. Essa canção me tocou de uma maneira diferente, é uma faixa introspectiva, e pude sentir de forma até palpável a franqueza da música. Tudo aqui teve a mais perfeita harmonia pra deixar tudo no melhor nível possível. A Composição é da própria.

05.O GIGANTE CAIU - A temática dessa canção me lembrou EU MATO ESSE GIGANTE lançado por Léa. Essa se torna aquela música legal que todo CD tem, embora o tema já manjado o maestro conseguiu trazer simpatia a faixa que durante seus quatro minutos é gostosa de se ouvir. Composição de Diego Henrique.

06.ADORAÇÃO NA GUERRA - Que título ein?! Forte e com presença. Confesso que musicalmente essa não é a minha preferida e também que foi bom deixa-lá pra o meio do disco, já que não é uma música tão atraente como as outras. Veja bem, não é ruim, mas também não é aquela coisa toda. É simples e se encaixou bem no álbum, e diga-se de passagem, esse CD não tem músicas ruins. Léa é a compositora.


07.QUANDO O INIMIGO SOU EU - Composição de Léa Mendonça essa é uma canção de extremo confronto, baseada nas guerras entre a carne e o Espírito pra mim essa música foi uma verdadeira resposta de Deus. Simplesmente perfeita, em cada detalhe, de letra e arranjo. São mensagens como essa que estão fazendo falta em muitos lançamentos. Deus purinho!

08.EU VOLTEI - "Dizem que parei, sim eu parei, mas por um tempo e já é hora de me levantar" Essa é o tipo de música que fala por si só. Não vou comentar, vou deixar que você sinta Deus durante cada segundo dessa faixa, afinal, não há guerreiro que nunca tenha se cansado não é?!. Composição de Beatriz Lima.

09.O VIVER PARA MIM É CRISTO - Que adoração de entrega linda. Realmente esse CD veio pra marcar 2017, que canção tremenda. Senti fortemente a presença de Deus enquanto a escutava e sim, chorei, busquei mais ainda de Deus e estou com sede DEle. Esse é o propósito da faixa e está sendo cumprido com sucesso. Composição de Léa.

10.VIDA COM PROPÓSITO - Esse é um CD rápido, em menos de 60 min. você vai ouvir ele todo. Chegamos a última música do repertório e que o encerra muito bem.  Pra finalizar o disco, receba uma mensagem pura, simples e de encorajamento. Não é uma canção super arrebatadora, mas é aquela legal que todo mundo gosta, e ainda deu conta de concluir como resposta o clamor das faixas 07, 08 e 09. Composição de Léa Mendonça.

DESTAQUES: Vem coisa nova por aí, Ferido na Batalha, Não deixe nenhum dos meus se perder, Quando o Inimigo sou eu, Eu Voltei e Viver pra mim é Cristo.

NOTA: 9,0


Comentários

  1. Realmente, este álbum é um trabalho belíssimo!

    ResponderExcluir
  2. Achei esse blog por pura coincidência e amei!! Realmente esse disco pra mim é o melhor de 2017, torço muito pra que Léa venha se sobressair nessa fase do mercado gospel que não está lá essas coisas, até pq esse CD merece, qualidade é que não falta nele!!

    ResponderExcluir
  3. Amo o blog. Queria saber qual a tiragem AA do disco.

    ResponderExcluir

Postar um comentário